terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

O verdadeiro som

A canção dos amantes
Por Luci Ane G. Melo (03-02-2009-11:00)

Que canção é essa tão pulsante?
Que faz da vida uma aventura errante?
Que derruba muros e castelos gigantes?
É música suave para se ouvir distante.
Som de trompetes e tão assim galante.
Quem ouve essa melodia
não quer saber de outra.
Quem ainda não ouviu
não sabe o que perdeu.
Então por que meu Deus
Que eu não tenho um som assim tão somente meu?
Busco nas trincheiras e nas sacristias.
Quero toda hora e por todo dia.
Quero um amor total,
Não apenas carnal.
Amor muito especial
De entrega geral.
Sem limite e sem final.
Pode ser até marginal.
Não só sentimental,
muito menos ocasional.
Quero que seja vibrante
E muito,muito atuante.
Que não respeite fronteiras e muito menos barreiras.
Fico aqui parada pensando besteira,
Quanta asneira.
Onde está o que senti e o que já quis?
Eu não sei o que fiz da vida para ser feliz.

Um comentário:

carlos disse...

^^
Mt show essa...
adorei Tia Ciane...
bjs...
junior